Conheça Castro e suas atrações históricas e culturais

Castro é considerada a “Cidade Mãe do Paraná”, e foi o primeiro município instituído na Província do Estado, em 1857.

Como chegar?

O acesso rodoviário é por meio das rodovias PR-151, PR-340, PR-090 e BR-376 (sentido Curitiba). Duas estações rodoviárias recebem passageiros vindos de todo o Estado e do interior do município.

Castro - Igreja de Santana (foto http://www.viajeparana.com/Castro)
Castro – Igreja de Santana (foto http://www.viajeparana.com/Castro)

Os aeroportos mais próximos são da cidade de Ponta Grossa, a 41 km; e o Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, a 180 km.

O que fazer?

  • Casa da Praça, construída em 1870, com taipa de pilão, foi residência de prefeitos e historiadores e já abrigou a maior biblioteca do município.
  • Casa da Sinhara retrata o cotidiano das mulheres castrenses nos séculos XVII a XIX, por meio de móveis, acessórios e utensílios domésticos utilizados por elas nessa época.
  • Centro Cultural da Castrolanda foi construído em 2016 para guardar a memória e a cultura da famosa colônia de imigrantes europeus, o espaço possui diversas atrações. Considerado o terceiro maior moinho do mundo, com 26 metros de pás e hélices, o Moinho da Imigração Holandesa foi construído em 2001 para comemorar os 50 anos da chegada do povo europeu à cidade. Atualmente abriga uma exposição histórica permanente, uma biblioteca, salão de eventos, café-restaurante e loja de artesanato.

    Castro (foto http://www.viajeparana.com/Castro)
    Castro (foto http://www.viajeparana.com/Castro)
  • Museu da Imigração Holandesa retrata a história da Colônia Castrolanda e ensina sobre valores como união, cooperação e perseverança.
  • Fazenda Capão Alto tombada pelo Patrimônio Histórico Estadual, foi a primeira parada dos tropeiros em Castro e marcou o início da povoação dos Campos Gerais.
  • Igreja Senhora de Santana é uma construção em taipa de pilão, adornada com estátuas feitas em madeira pelo frei Mathias de Gênova, lustres de cristal doados por D. Pedro II, e pelo sino rachado de tanto tocar, devido ao fim da Segunda Guerra.
  • Morro do Cristo é um dos pontos mais altos da cidade, e oferece uma visão panorâmica de Castro e região.
  • Museu do Tropeiro instalado no imóvel mais antigo da cidade é o único do Brasil dedicado ao tropeirismo. Nele, o visitante encontra objetos da lida tropeira, como montarias e indumentárias.

Hotéis

Castro (foto http://www.viajeparana.com/Castro)
Castro (foto http://www.viajeparana.com/Castro)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.