Parque Nacional do Iguaçu, principal atração de Foz do Iguaçu

Parque Nacional do Iguaçu (fonte: //www.meupatrocinio.com/)
5 (100%) 2 vote[s]

O Parque Nacional do Iguaçu situa-se na cidade de Foz do Iguaçu, a 656 km da capital paranaense, Curitiba, e abriga as belíssimas Cataratas do Iguaçu. O local é o ponto de partida para quem busca se aventurar pelo município, e conta com excelente infraestrutura para atender seus milhares de visitantes ao longo de seus 180 mil hectares, que fazem fronteira com a Argentina.

As Cataratas do Iguaçu são formadas pelo Rio Iguaçu, que ao chegar no local das quedas, sofre um desnível de mais de 60 metros de altura que resulta em 275 quedas d’água, sendo todas extremamente fotogênicas.

Parque Nacional do Iguaçu (fonte: //trilhandomontanhas.com)

Como chegar ao Parque?

O Parque está localizado às margens do Rio Iguaçu, e por ser a maior atração de Foz do Iguaçu, é bem sinalizado ao longo das ruas e avenidas. O caminho mais fácil para quem se situa em qualquer área da cidade é seguir por meio da Avenida das Cataratas, a qual sai do centro da cidade em direção ao parque e permite a visualização de diversos pontos turísticos da cidade, como o Parque das Aves.

O que fazer no Parque Nacional do Iguaçu?

Buscando facilitar a vida de seus turistas, há ônibus que saem periodicamente do Centro de Visitantes e param no Restaurante Porto Canoas, famoso pela deliciosa comida servida lá. No caminho, há diversos percursos que o visitante pode fazer.

Trilha das Cataratas: essa parada é extremamente recomendada por se tratar de uma experiência única com circuito panorâmico. A trilha mede 1,2 km de extensão e passa por várias quedas secundárias até chegar à famosa Garganta do Diabo. Vale ressaltar que há uma passarela para chegar bem perto dessa queda d’água, resultando em um banho coletivo; por isso, leve alguma capa para proteção.

-Macuco Safari: trajeto ao longo do Rio Iguaçu por meio de um bote até a queda dos Três Mosqueteiros; pode ser realizado com emoção ou sem emoção, de modo a ser escolhido pelo visitante. É um complemento ao primeiro percurso, uma vez que garante fotos e memórias de tirar o fôlego.

Parque Nacional do Iguaçu (fonte: //www.meupatrocinio.com/)

Rafting: ideal para aqueles que gostam de aventuras, há também o passeio no rafting, ou seja, é possível andar de caiaque em um dos pontos mais tranquilos do Rio Iguaçu, além de ser possível tomar um banho no rio. Vale a experiência.

-Trilha do Poço Preto: uma das maiores trilhas do parque, tem 9 km de extensão, que podem ser percorridos de diversas formas, seja a pé, de carro ou de bicicleta. Remonta a história dos índios e a forma como contornavam as cataratas.

Vale lembrar ainda que o parque dispõe de elevadores panorâmicos que saem do ponto mais baixo do rio até o ponto mais alto, de modo a garantir maior acessibilidade, além de possuir diversos mirantes ao longo dos trajetos parra que o turista possa visualizar melhor essa inesquecível obra da natureza. Há também a continuação do parque do lado Argentino, que, assim como o brasileiro, dispõe de vários roteiros que valem a pena ser visitados.

O parque funciona todos os dias da semana das 9h às 17h. É recomendável comprar os ingressos com antecedência pelo site, além de utilizar calçados confortáveis, repelentes e protetor solar.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.