Araxá, cidade do Circuito das Águas de Minas Gerais

Avalie esta postagem

Araxá é uma cidade mineira que faz parte do Circuito das Águas de Minas, distante 366 km da capital do estado, Belo Horizonte. Por estar localizada a mais de 900 metros de altitude, tem temperatura média de 21ºC, o que faz com que seja um município bastante procurado por aqueles que buscam fugir do verão das praias, e por quem adora curtir o inverno mineiro. Vale lembrar que Araxá é nacionalmente conhecida pelo fato de suas águas possuírem propriedades medicinais e terapêuticas diversas, além de ser uma bela cidade histórica.

O que fazer em Araxá?

Fonte Dona Beja – a fonte leva o nome de Dona Beja, uma das mulheres mais reconhecidas de Araxá, uma vez que era uma figura muito a frente de seu tempo. Reza a lenda que sua jovialidade e beleza eram preservadas devido aos diversos banhos de águas sulfurosas e radioativas que ela tomava onde hoje é a fonte. Vale ressaltar que, conforme especialistas, as águas têm propriedades que ativam assimilação diurética, além de serem hipotensivas e desintoxicantes. Há também diversas duchas para banhos no local. Localização: Estância do Barreiro, Avenida Águas de Araxá s/n – Setor Sul. Horário de funcionamento: das 08h00 às 17h00, de segunda a domingo.

Horizonte Perdido (foto: https://viajantemovel.com.br)

Museu Histórico de Araxá Dona Beja – construído na primeira metade do século XIX, o casarão abriga diversos objetos da época, como oratórios, liteiras, louças, móveis, diversas obras de arte, além de um acervo pertencente à memorável Dona Beja. Localização: Praça Coronel Adolfo Centro, 98.

Museu Calmon Barreto – o local leva o nome de um dos maiores artistas da cidade, o qual destaca-se pelo realismo com que retratava diversos momentos de Araxá, sua cultura e seus habitantes. Localização: Rua Franklin de Castro, 160 – Centro. Horário de funcionamento: terça a sexta – das 08h às 17h; Sábado das 10h às 16h; Domingo das 08h às 13h.

Museu Sacro e Igreja de São Sebastião – também conhecida como a Igreja mais antiga de Araxá, foi construída em estilo colonial e abriga, juntamente ao Museu Sacro, diversos objetos que remontam à história da cidade. Localização: Avenida Vereador João Sena, s/n –
Centro.

Ruínas do Hotel Radio – o hotel abrigou, em seus tempos áureos, diversas figuras como Santos Dumont e Getúlio Vargas. Conta a história que sua decadência começou quando ocorreu uma morte no local, o que fez com que o hotel fosse lugar de sons estranhos e vultos. Atualmente, é um lugar procurado por suas histórias, mas também por permitir a prática do arvorismo, além de trilhas. Localização: Av. do Contorno, 948 – Barreiro.

Parque do Cristo – idealizado para ser uma área de lazer para as famílias da cidade, o parque atualmente é procurado por abrigar áreas verdes, playground, espaços para feiras de artesanatos e churrascos. Além disso, há uma estátua de Cristo que chama a atenção por sua beleza. Localização: R. Washington Barcelos – Micro Distrito Santa Rita.

-Árvore dos Enforcados – símbolo da resistência negra, reza a lenda que ali era o local onde escravos se enforcavam como forma de resistir à escravidão que era imposta a eles. Foi construído no local um Centro de Referência da Cultura Negra, além de uma biblioteca. A árvore chegou a viver por 200 anos, mas morreu em 2011; mesmo assim, seus belos galhos estão receptivos aos visitantes. Vale dar uma passada lá.

Fundação Cultural Calmon Barreto (foto: https://viajantemovel.com.br)

Memorial de Araxá – construído no início do século XX, o casarão abriga hoje um museu que conta a história das tradições da cidade, além de homenagear figuras históricas por meio de diversos objetos. Localização: Av. Antônio Carlos, 116 – Centro – Horário de funcionamento: de terça a sexta – das 08h às 17h; Sábado das 10hàs 16h; Domingo: 08h às 13h.

Fundação Cultural Calmon Barreto – construído em arquitetura neoclássica, é o prédio que abriga diversos eventos que mantêm viva a identidade cultural de Araxá. Lá também são realizadas oficinas de artesanato locais, de onde saem diversas lembrancinhas da cidade. Vale a visita. Localização: Praça Artur Bernardes, 10 – Centro. Horário de funcionamento: de segunda a sexta das 08h às 17h; Sábado: das 09h às 14h.

Igreja Matriz de São Domingos – construída em estilo gótico e neoclássico, a igreja chama a atenção por sua arquitetura e por fazer parte da história da cidade. Localização: Praça São Domingos, s/n – Centro.

Monumento a Nossa Senhora de Fátima – famoso por sua arquitetura, e por abrigar uma réplica da Nossa Senhora de Fátima existente em Portugal, o local também chama atenção pelo fato de permitir uma bela vista panorâmica da cidade. O local conta com missa todos os domingos às 17h. Localização: Alameda Dona Helena Pereira de Morais – Setor Leste.

Horizonte Perdido – localizado em uma Fazenda no alto da Serra da Bocaina, o local abriga uma das melhores rampas de voo livre do Brasil, o que o faz ser sede de inúmeros campeonatos da modalidade; além disso, possui restaurantes, e é ideal para a prática de corridas e de trilha para os amantes do ecoturismo.

Hotéis em Araxá

A cidade dispõe de boa infraestrutura hoteleira para atender seus visitantes.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.