São José do Rio Preto considerada a capital dos grandes lagos

São José do Rio Preto (foto //exame.abril.com.br/)

A cidade de São José do Rio Preto é considerada a Capital da Região dos Grandes Lagos, e está situada na região noroeste do Estado de São Paulo.

Ela é um dos principais polos industriais, culturais e de serviços do interior de São Paulo, mas sua história econômica esteve por muito tempo ligada à cafeicultura.

O que fazer em São José do Rio Preto?

Vale a pena visitar:

São José do Rio Preto (foto //exame.abril.com.br/)
São José do Rio Preto (foto //exame.abril.com.br/)
  • O mais conhecido e cartão postal da cidade é o Parque da Represa Municipal, que abastece parte da população do local. Nele, é possível realizar caminhadas, curtir a paisagem, fazer ginástica e musculação nos aparelhos, ou comer algo nos quiosques.
  • O Parque da Criança é ideal para as crianças, pois há muitos brinquedos para diversão delas.
  • O Parque Ecológico, que funciona de terça a sexta, das 8h às 17h. E aos sábados, domingos e feriado das 9h às 18h, ótimo lugar para fazer uma caminhada e conhecer um pouco mais a natureza.
  • O Zoológico da cidade, que possui mata nativa com aproximadamente 500 animais de 130 espécies diferentes. Ele abre de terça a domingo das 9h às 17h, com entrada gratuita. Uma boa ideia é passar no museu de taxidermia do Zoológico, para poder ver um pouco da fauna brasileira.
  • O Museu de Arte Primitivista com exposição de obras, que retratam a vida rural da região por meio dos trabalhos do pintor José Antônio da Silva. São mais de 120 itens que se dividem em objetos históricos e pinturas. A entrada é gratuita e funciona de segunda a sexta, das 8h às 18h, e aos sábados, das 8h às 14h30.
  • A Pinacoteca funciona no mesmo prédio da Secretaria Municipal de Cultura, com diversas exposições de obras diferentes

    São José do Rio Preto (foto//www.claroecriativo.com.br/
    São José do Rio Preto (foto//www.claroecriativo.com.br/
  • Museu de Arte Naif de São José do Rio Preto com obras de vários artistas primitivistas. Para quem quiser, o museu oferece visitas guiadas, ele funciona de segunda a sexta, das 7h30 às 17h30.
  • Trem Caipira, que possui percurso de 10 quilômetros em aproximadamente meia hora. Nesse deslocamento, o visitante poderá entender um pouco mais da história da cidade e dos trilhos, que foram fonte importante de comércio e transporte desde 1898 na cidade até os dias atuais.

Hotéis

A cidade possui boas alternativas de hospedagem para seus visitantes, que poderão aproveitar para curtir a bela região.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.