Lençóis Maranhenses: paraíso ao norte do Maranhão que encanta

Lençóis Maranhenses
Lençóis Maranhenses
Avalie esta postagem

Lençóis Maranhenses são um verdadeiro paraíso, localizados ao norte do Maranhão. Uma imensidão de areia branca e lagoas (que acabam secando no período da estiagem) que encantam os olhos de quem os visita.

A atração parece um deserto, com 155 mil hectares, permeado por lagoas com os mais variados tons e, claro, dunas! Encantadoras!

Como chegar aos Lençóis Maranhenses:

O principal portão de entrada dos Lençóis Maranhenses é a cidade de Barreirinhas. Entretanto, Santo Amaro, Primeira Cruz e Humberto de Campos também são cidades que levam ao Parque Lençóis.

A cidade de Barreirinhas é a que possui melhor estrutura hoteleira e encontra-se a aproximadamente 255 Km da capital maranhense, São Luís. Há poucos restaurantes por lá.

Na cidade de Barreirinhas o turista pode solicitar um voo sobre os Lençóis. Todo o passeio dura em torno de 12 a 15 minutos e o que se vê lá de cima é inesquecível. Agora, prepare-se: como são pequenas aeronaves, balança muito!
Para chegar definitivamente aos Lençóis, o turista pode optar pelo passeio de veículos 4×4 ou por voadeiras e pequenos barcos.

O que fazer nos Lençóis Maranhenses?

Além de subir e descer dunas que chegam a quase 4o m e se encantar com as mais lindas paisagens; muitos turistas não resistem aos banhos nas lagoas do Parque.

Para chegar à lagoa bonita é preciso de subir uma duna com cerca de 40 m de altura. Portanto, tenha disposição.

Sob um sol escaldante em qualquer época do ano (lembre-se de levar protetor, chapéu, água…) as águas das lagoas são  morninhas. Ao sair dela, a pele recebe a brisa que vem do mar e a sensação refrescante é incrível.

Na praia do Caburé há a opção de locar um quadriciclo e aventurar-se pelas dunas ou percorrer o litoral. A praia é longa e praticamente selvagem.

Nos Lençóis há restaurante onde são servidos pratos, é claro, à base de frutos do mar. Após o almoço, muitos turistas descansam em redes junto ao restaurante.

Para quem vai de barco ou voadeira, há uma parada em Vassouras, onde o turista pode tomar uma água e ter contato com macacos prego.

Há, também, uma parada em Mandacaru, um povoado com aproximadamente 100 casas e onde se encontra o Farol Preguiças.

No alto de seus 160 degraus tem-se uma visão em 360º dos pequenos lençóis e dos grandes lençóis. Em Mandacaru existe uma pequena feirinha de artesanato e locais para comprar água e até alguma coisa para comer.

Agora uma dica: se você vai aos Lençóis Maranhenses, não deixe de ir a Atins. Por lá você irá comer o melhor camarão do mundo, no restaurante da Luzia.
Todos os passeios devem ser previamente agendados com as empresas de turismo que exploram os Lençóis.

Quando ir:

A melhor época para ir aos Lençóis é de maio a agosto, às vezes, até outubro. Depende do volume de chuvas (em 2012, por exemplo, não choveu praticamente nada e as lagoas ficaram praticamente secas o ano todo). Como já mencionado acima, o calor é intenso o ano todo. Use roupas leves e confortáveis.

Lençóis Maranhenses
Rio Preguiças – Lençóis Maranhenses
Lençóis Maranhenses

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.