Paraíba do Sul, cidade que traz o passado para o presente

Paraíba do Sul (fonte: //www.portalvaledocafe.com.br/paraiba_do_sul.asp)
5 (100%) 1 vote

Paraíba do Sul é uma cidade do Vale do Café, situando-se a cerca de 140 km da capital Rio de Janeiro de onde se pode chegar por meio da BR 040.
Assim como as outras cidades do Vale, sua história encontra-se intimamente ligada ao comércio dessa especiaria, uma vez que havia diversos barões na região. Além disso, cabe ressaltar o turismo cultural da cidade pelo fato  desta abrigar os restos mortais de Tiradentes, o que faz com que seja ligada também à Inconfidência Mineira.

Praça Marquês de São João Marcos (fonte: //www.portalvaledocafe.com.br/paraiba_do_sul.asp)

O que fazer em Paraíba do Sul?

Museu Tiradentes – abriga diversos objetos utilizados pela figura que dá nome ao museu, como por exemplo sua maleta de dentista. Localiza-se no distrito de Sebolas.

Praça Marquês de São João Marcos – chamada também de Jardim Velho, é cercada por palmeiras centenárias. Local ideal para apreciar a beleza da cidade.

-Palácio Tiradentes – erguido em 1856, funcionou originalmente como a residência do Barão Simão Dias dos Reis, e atualmente abriga o prédio da Câmara Municipal. No palácio, chama a atenção a arquitetura harmônica e o mobiliário de origem francesa. Localiza-se na Praça São Pedro São Paulo, 96. Telefone: (24) 2263-2393.

Palacete Barão Ribeiro de Sá – originalmente utilizado como residência pelo barão cujo nome é o do edifício, atualmente abriga a prefeitura da cidade, onde se pode observar características da época de sua construção. Localiza-se na Rua Visconde da Paraíba, 11 – Centro.

Igreja Matriz de São Pedro e São Paulo – ideal para os amantes da arquitetura, destaca-se principalmente pelo estilo neoclássico de sua construção. Localiza-se na Praça São Pedro e São Paulo, s/nº – Centro .

Ponte Leopoldo Teixeira Leite – ligava os bairros Ponte Preta e Jatobá, além de ser a ferrovia pela qual o trem da Estrada Real passava para transportar ouro. Atualmente encontra-se desativada.

Museu Tiradentes (fonte://www.portalvaledocafe.com.br/paraiba_do_sul.asp)

Ponte da Parahyba – encomendada pelo Visconde de Mauá, foi uma das primeiras estradas brasileiras onde era cobrado pedágio para passagem. Sua estrutura férrea, produzida em Niterói, assim como as treliças de sustentação foram levadas em ombros de mulas. Localiza-se na Praça Garcia, Bairro Grama.

-Estação Ferroviária – sua inauguração contou com a presença do então Imperador do Brasil Dom Pedro II, e buscava integrar Paraíba do Sul ao eixo Rio-Minas, e mais tarde passou a se chamar Central do Brasil. Esta veio a ser demolida e houve a construção da atual estação, de onde parte o trem da Estrada Real, que transporta turistas pela cidade. Localiza-se no Centro.

Estação Ferroviária de Werneck – abriga atualmente a Associação de Artesãos de Werneck, onde há produção e venda de diversas peças artesanais. Localiza-se na Vila Nicolau Melick.

Trem da Estrada Real – em um percurso de 14 km partindo da Estação Ferroviária no Centro Cultural, permite ao turista uma visualização do presente da cidade atrelado a sua história, sendo uma ótima atração a ser visitada.

Parque das Águas Minerais Salutaris – abriga diversas fontes de água, sobre as quais há uma concha que permite a audição de diferentes sons vindos delas. Possui pistas de Kart, cooper, skate, campos de futebol e quadras poliesportivas para atender a todos os públicos. Vale a visita. Localiza-se na Rua Célio da Gama Cruz, 735-765 – Salutaris.

Galeria Cultural Luiz Carlos Tavares Coelho – abriga uma exposição fotográfica que remonta a história da cidade

Pedra da Tocaia (fonte: //www.portalvaledocafe.com.br/paraiba_do_sul.asp)

, além de evidenciar os diversos pontos turísticos desta. Localiza-se na passagem subterrânea da estação ferroviária.

-Pedra da Tocaia – é recomendada para amantes de aventura que tenham experiência, uma vez que, por ter 800 metros de altura e possuir acesso somente por trilhas em mata fechada, pode ser de risco aos menos experientes.

-Cachoeira Agronômica – localiza-se no Ribeirão do Lucas, e é um dos cartões postais da cidade.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.