Parque Nacional das Sempre-Vivas situado na bela Serra do Espinhaço

Parque Nacional das Sempre-Vivas (foto https://olhandodajaneladotrem.blogspot.com)
Parque Nacional das Sempre-Vivas (foto https://olhandodajaneladotrem.blogspot.com)
5 (100%) 1 vote

O Parque Nacional das Sempre-Vivas situa-se na Serra do Espinhaço e seu nome é referência às variadas espécies de “sempre-vivas”, pequenas flores típicas da região.

Ele foi criado em dezembro de 2002; possui áreas com mata densa de fundo de vale, campos rupestres de altitude e uma grande concentração de nascentes, entre elas a do Rio Jequitinhonha.

Atualmente o parque ainda está em fase de implantação;  indisponível para visitação pública. Qualquer incursão nesta área deverá ser autorizada pela chefia da unidade na cidade de Diamantina.

Acesso

Parque Nacional das Sempre-Vivas (foto https://olhandodajaneladotrem.blogspot.com)
Parque Nacional das Sempre-Vivas (foto https://olhandodajaneladotrem.blogspot.com)

O acesso se dá pelo distrito de São João da Chapada e pelo povoado dos Macacos, mas são precárias  as condições das estradas.

Na região da Serra do Galho, dentro da Cordilheira do Espinhaço; uma antiga casa da Fazenda Kolping, servirá como ponto de apoio para a recém criada brigada de incêndio do parque.

Atrações

A atração turística possui animais ameaçados de extinção tais como a onça-pintada, onça-parda, o lobo-guará, tamanduá-bandeira e o tatu-canastra. Variadas nascentes, que formam lindas quedas d’água e belas caminhadas e trilhas pela Serra do Espinhaço; além de aglomerados rochosos.

Objetivos do Parque

Ele objetiva proporcionar a realização de pesquisas científicas; o desenvolvimento de atividades de educação e o turismo ecológico.

O local não possui infraestrutura para os visitantes. Para maiores informações entrem em contato: (38) 3531-3266.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.