Teresina, a capital nordestina que não é banhada pelo mar

Teresina, a capital nordestina que não é banhada pelo mar (foto: Evandro Marques - www.passeios.org)

Teresina é a capital do estado do Piauí, que chama a atenção por ser a única capital do Nordeste que não é banhada pelo Oceano Atlântico. Embora isso pareça ser um fator limitante para uma capital nordestina, a cidade é suprida por belíssimas paisagens e cartões postais de tirar o fôlego de qualquer visitante. As praias mais próximas são Luís Correia e Parnaíba, que também são outra atração à parte.

Encontro dos Rios Poti e Parnaíba (foto: Evandro Marques – www.passeios.org)

A começar pela história, Teresina é conhecida como a primeira capital brasileira a ser planejada, fato que ocorreu ainda no reinado de Dom Pedro II, cuja esposa, Teresa Cristina, foi a responsável pelo nome do município; e também é chamada de Cidade Verde por ser extremamente arborizada, o que pode ser visto ao percorrer suas ruas e avenidas.

O que fazer em Teresina?

Parque do Encontro dos Rios – a cidade é banhada pelos rios Poti e Parnaíba, que se encontram no que hoje é chamado de Parque Encontro dos Rios. Além de oferecer uma bela paisagem ao turista, também há no local um restaurante flutuante sobre as águas dos rios, que permite ao visitante experimentar a saborosa gastronomia piauiense. Endereço: R. Des. Flávio Furtado – Olarias.

Parque Zoobotânico – Teresina abriga um belíssimo zoológico, localizado às margens do Rio Poti, que conta com diversas espécies de aves e répteis. Endereço: Rodovia PI 112, Av. Pres. Kennedy, s/n – Morros.

Ponte Estaiada Mestre João Isidoro França – a ponte é um dos cartões postais da cidade, e conta com um mirante de 95 metros de altura que permite a visualização das partes nova e antiga do município, possibilitando ainda admirar a bela Cidade Verde. Ao redor da ponte, há ainda um parque ideal para realização de caminhadas ao ar livre.

Teresina PI (foto: Evandro Marques – www.passeios.org)

Parque Potycabana – como sugere o nome, o parque localiza-se às margens do Rio Poti e constitui-se de um local ideal para prática de atividades de lazer, além de caminhadas, prática de esportes e de ser uma das belas atrações da capital Piauiense. Endereço: Av. Raul Lopes, s/n – Noivos.

Museu do Piauí – localizado no Centro Histórico de Teresina e fundado em 1934, o museu tem como objetivo principal contar a história do estado do Piauí por meio de 7 mil fontes, como louças da Companhia das Índias, além do famoso quadro “Dom Pedro II”. Vale a visita. Endereço: R. Areolino de Abreu, 900 – Centro (Norte).

Jardim Botânico – reinaugurado em 2012, o local abriga diversos exemplares da flora da região, sendo um espaço ideal para lazer e educação ambiental dos jovens locais. É uma excelente oportunidade de contato com a natureza. Endereço: Av. Pref. Freitas Neto, S/N – Mocambinho.

Memorial Esperança Garcia – anteriormente chamado de Memorial Zumbi dos Palmares, o local é um espaço voltado para valorização da cultura negra. Conta com grafites de diversas personalidades importantes, como Martin Luther King e Nelson Mandela. O nome refere-se a uma escrava da região, que por volta do século XVIII, após ser alfabetizada por padres jesuítas, escreveu uma carta ao governador denunciando a situação a que os escravos eram submetidos no Piauí. Vale a pena conhecer esse local tão representativo. Endereço: Av. Miguel Rosa, 3400 – Centro (Sul).

Parque Floresta Fóssil – localizado na parte nova da cidade, o parque abriga diversos fósseis de espécies vegetais que existiam na região na Era Paleozoica; os troncos encontram-se permineralizados, ou seja, ainda encontram-se na posição vertical, o que faz com que pareça ser uma floresta. Endereço: 2142, Av. Raul Lopes, 1604 – Noivos.

Igreja São Benedito (foto: Ângela Quinelato – www.passeios.org)

Parque Estação da Cidadania – localizado na área antiga da cidade, o parque tem uma enorme área ideal para prática de atividades de lazer, como skate, caminhadas, patins; além de sediar uma lagoa, lanchonetes  e uma antiga estação que atualmente abriga exposições itinerantes. Vale a pena dar uma passada por lá e admirar essa bela opção de Teresina. Endereço: Av. Miguel Rosa, 2821-2841 – Centro (Sul).

Museu de Arqueologia e Paleontologia UFPI – localizado nas imediações da Universidade Federal do Piauí, o museu abriga diversos exemplares de materiais produzidos nos primórdios da humanidade, além de registros fósseis que permitem ao visitante visitar o passado da Terra.

Igreja São Benedito e Praça da Bandeira – localizados no Centro Histórico de Teresina, são dois locais que podem ser conferidos em um roteiro à pé pela cidade. A Igreja chama atenção por sua beleza, ao passo que a praça permite ao turista aproveitar das áreas arborizadas da Cidade Verde.

Museu de Arte Sacra Dom Paulo Libório – mais uma atração da parte histórica da capital piauiense, o Museu é o local que abriga diversas exposições itinerantes, além de abrigar peças religiosas que fazem parte da história do estado. Endereço: R. Olavo Bilac, 1481 – Centro (Sul).

Dicas de Hotéis Teresina PI

A capital do Piauí oferece diversas opções de hospedagem para aqueles que querem conhecer um pouco mais sobre suas belezas.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.