Saco de Mamanguá e sua diversidade de beleza natural

O Saco de mamanguá é uma região paradisíaca pertencente ao município de Paraty, no estado do Rio de Janeiro, que está repleto de lugares especiais, cada um com seu encanto natural e cultural.

Saco de Mamanguá (foto: https://pixabay.com/pt/photos/paraty-parati-saco-de-mamangu%C3%A1-2170186/)

O Saco do Mamanguá é uma entrada de mar com aproximadamente 8 km de extensão e 2 km de largura; que possui  33 praias e 8 comunidades caiçaras; além de uma área de mangue preservada.

A biodiversidade do local realmente impressiona, pois é composta por muitas espécies de árvores, bromélias e diversas flores silvestres. No mangue, podem ser vistos facilmente diversos pássaros e caranguejos, cujo acesso é por embarcações sem motor, caiaques ou canoas.

Como chegar ao Saco de Mamanguá?

Para ter acesso ao Saco do Mamanguá, há duas formas que podem ser de barco, saindo de Paraty-Mirim; ou por trilha (para quem está com bom condicionamento físico).

Saco de Mamanguá (foto http://www.refugiomamangua.com/index.php/fotos/)
Saco de Mamanguá (foto http://www.refugiomamangua.com/index.php/fotos/)

O que fazer em Saco de Mamanguá?

Primeiro contratar um guia local  que apresentará a região; além de passar  informações relevantes sobre o modo de vida e a ecologia da atração turística.

Várias praias podem ser visitadas e, também, uma boa dica é fazer uma caminhada até o topo do Pão de Açúcar, que oferece uma visão espetacular da região.

O visitante poderá praticar várias atividades tais como o remo, a caminhada, a natação e o mergulho livre; além de curtir a vegetação da Mata Atlântica e a tranquilidade da região, que é propícia para quem deseja fugir da correria dos grandes centros urbanos e da badalação de algumas praias.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.