Dianópolis e o ecoturismo no estado do Tocantins

Dianópolis e o ecoturismo no estado do Tocantins (foto: https://www.cidadeecultura.com/serras-gerais-tocantins/)

Dianópolis é uma cidade tocantinense situada na maior cadeia montanhosa do país, as Serras Gerais, a 338 km de Palmas e a 635 km de Brasília. Com pouco mais de 21 mil habitantes, a cidade começou a ser colonizada em 1750, assim como os outros municípios da região, e teve sua origem em decorrência da instalação do Ciclo do Ouro no local. Sendo assim, atualmente é uma localidade que se destaca não somente pelo turismo histórico, de grande importância para Dianópolis, mas também pelo ecoturismo, uma vez que a cidade dispõe de grutas, cavernas e cachoeiras repletas de beleza e de história.

Cachoeira da Ré (foto: https://turismo.to.gov.br/)

Como chegar?

Para quem parte de Palmas, o melhor trajeto que liga as duas cidades se dá por meio da BR-010. Por sua vez, para quem vem do Parque Estadual do Jalapão, são 226 km a serem percorridos, principalmente pelas rodovias TO-247, BA-458 e TO-040. Por fim, para quem parte da capital federal, Brasília, a melhor opção se dá pela BR-010 e pela TO-110.

O que fazer em Dianópolis – TO?

  • Visitar o Museu Municipal – uma das melhores maneiras de se ambientar na cidade e de conhecer sua história é visitando o museu da cidade. Com um acervo de famílias tradicionais da região, conta a história da origem de Dianópolis. Endereço: Beco da Cooperativa. Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 8h às 17h.
  • Conhecer o Vale Encantado – um dos cartões postais da cidade, para se chegar ao Vale Encantado, o visitante deve realizar uma trilha de grau médio, passando por entre florestas, corredeiras e outros obstáculos. Todavia, ao chegar no local, o visitante tem contato com uma paisagem estonteante, sendo cavernas com estalactites e estalagmites, cachoeiras, e diversas outras atrações. Não deixe de visitar.

    Garganta (foto: https://turismo.to.gov.br)
  • Admirar a Cachoeira da Ré – localizada a cerca de 20 km do centro da cidade em uma propriedade particular, a cachoeira é uma das maiores atrações da cidade. Para ser alcançada, deve-se percorrer uma trilha com duração média de 1 hora e meia, e ao chegar lá, o visitante tem contato com uma queda d’água pequena, mas muito bela. Uma curiosidade consiste no fato de a água, ao cair nas pedras, passar por debaixo da cachoeira e voltar para trás da queda d’água. A paisagem vale a pena todo o esforço para se chegar ao local.
  • Se aventurar pelo Rio Palmeira – se você é o tipo de visitante que adora um esporte radical, o Rio Palmeira é uma excelente opção.  Com uma correnteza forte, e várias corredeiras, o local é ideal para a prática de esportes aquáticos, como o rafting; além de chamar atenção por suas águas transparentes e esverdeadas.
  • Conhecer os Casarões – componentes do centro histórico de Dianópolis, os casarões foram as primeiras construções a serem erguidas na cidade, as quais ainda se mantêm de pé e se destacam pela arquitetura colonial. Vale a pena conhecer.

    Dianópolis (foto: https://www.portalonorte.com.br)
  • Conhecer as belezas da Garganta – região localizada a 70 km do centro da cidade, na divisa entre Tocantins e Bahia, a Garganta abriga planaltos e formações rochosas de arenito, falésias, dentre outras esculturas naturais. Além disso, é possível realizar trilhas para quem busca uma dose extra de aventura.

Hotéis em Dianópolis

  • Dianópolis Park Hotel – Av. Independência, 1187
    Telefone: (63) 3692-1444
  • Hotel da Sabedoria – R. da Sabedoria, 797 – Cavalcante
    Telefone: (63) 3692-1634
  • Mosaico Hotel – Centro – Telefone: (63) 3692-1626
  • Hotel Rio Verde – Rua Capataz Nazário Quadra 71 – Lote 6 – Novo Horizonte
    Telefone: (63) 3692-1602
  • Hotel dos Baianos – R. Me. Belém, 483 – Setor Centro
    Telefone: (63) 3692-2350

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.