Rio Branco, a capital de um dos estados mais novos do Brasil

Rio Branco é a capital do estado do Acre, um dos estados mais novos do território brasileiro e localiza-se a 512 km de Porto Velho e a 1400 km de Manaus. Situada às margens do Rio Acre, a cidade tem sua história ligada principalmente ao ciclo da borracha, e originou-se como um município através do Tratado de Petrópolis, o qual oficializou o estado como parte do Brasil. Esse tratado teve como um de seus responsáveis o Barão de Rio Branco, que contribuiu para o nome da capital.

Rio Branco (foto: https://br.pinterest.com/pin/615796949031522686/)

Repleta de atrações históricas, Rio Branco também possui opções de cunho ambiental, uma vez que é uma das portas de acesso à majestosa Floresta Amazônica; além disso, antes de visitar essa cidade de mais de 400 mil habitantes, o visitante deve estar preparado para o calor, pois as temperaturas médias giram em torno de 30°C o ano todo; e vale ressaltar que o fuso horário é diferente do de Brasília, sendo 2 horas atrasado. Conheça um pouco mais dessa bela cidade e programe sua viagem!

O que fazer em Rio Branco – AC?

  • Visitar o Palácio Rio Branco – uma das atrações mais importantes da cidade, o Palácio Rio Branco funcionava como a sede do governo do estado e atualmente possui entrada gratuita. Em suas diversas salas, há artefatos e obras que contam a história do Acre e da capital, além de possuir ainda um Memorial dos Autonomistas, que vale a pena ser visitado. Vale ressaltar que, bem em frente ao palácio está localizado o Obelisco dos Heróis da Revolução, em alusão à Revolução Acreana, e que também rende belas fotos. Endereço: Av. Getúlio Vargas, s/n – Centro. Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 8h às 18h, e aos fins de semana e feriados das 16h às 21h.

    Calçadão da Gameleira (foto: https://www.calendarr.com/brasil/aniversario-de-rio-branco/)
  • Passear pelo Calçadão da Gameleira – seu nome homenageia a gameleira onde surgiu um seringal que, mais tarde, viria se tornar Rio Branco; desse modo, o Calçadão é o berço da cidade. Situado às margens do Rio Acre, o local conta com diversos casarões de época que funcionam como bares e restaurantes. Se o visitante procura conhecer a vida noturna da cidade, lá é o local ideal.
  • Conhecer o Novo Mercado Velho – localizado bem próximo ao Calçadão, o estabelecimento é um dos melhores locais para quem busca conhecer a cultura do destino de sua viagem. Além de ser muito frequentado por moradores locais por possuir diversos bares com o melhor da comida regional, também é repleto de lojas que vendem produtos artesanais, além de produtos locais, que possuem grandes influências indígenas. Vale a pena conhecer. Endereço: Av. Epaminondas Jácome Centro, 2813 – Centro.
  • Andar pela Passarela Joaquim Macedo – mais um cartão postal da cidade, a bela passarela liga as duas margens do Rio Acre, e é realmente bela. Conta com aproximadamente 200 metros de extensão, e pode ser visualizada também da ponte que permite o acesso de veículos entre as duas extremidades.

    Palácio Rio Branco (foto: https://agencia.ac.gov.br/tag/fake-news/)
  • Visitar o Museu da Borracha – localizado bem no centro da cidade, esse é um dos museus mais importantes do estado. Isso porque conta com diversos objetos que contam a história do estado e da capital, buscando ressaltar a importância do ciclo da Borracha para o desenvolvimento da região. Endereço: Av. Ceará, 1144 – Centro, Rio Branco. Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 8h às 18h, e aos sábados das 16h às 20h.
  • Parque Chico Mendes – ideal para quem busca um maior contato com a natureza, esse é o local ideal. Além de contar com um zoológico repleto de animais locais, como a onça-pintada, conta com diversas atividades interativas, tais como trilhas, mirantes, áreas livres, além de um memorial em homenagem ao pesquisador que dá nome ao lugar. Localiza-se a 8 km do centro, na rodovia AC-040, 886 – Vila Acre. Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 7h às 17h.
  • Conhecer o Parque da Maternidade – um dos locais ideais para lazer, o Parque da Maternidade, além de contar com espaços para caminhada e corrida, abriga a Casa dos Povos da Floresta, museu que parece uma oca indígena e que chama a atenção por sua arquitetura e pelas histórias que existem em seu interior. Vale ressaltar que há quiosques nessa área para atender aos visitantes.

    Passarela Joaquim Macedo (foto: https://viajabrasil.com.br/acre/2019/08/15/passarela-joaquim-macedo/)
  • Navegar pelo rio Acre – assim como outras capitais nortistas, é possível realizar passeios de barco pelo belíssimo rio que corta a cidade de Rio Branco. Há desde embarcações mais simples, até as mais sofisticadas, a depender do gosto do visitante. Vale a pena se aventurar por essas águas.
  • Sobrevoar a Floresta Amazônica de Balão – além de sítios arqueológicos, o estado do Acre é bastante conhecido pela existência de geoglifos, que são resquícios de civilizações antigas que já habitavam a região. No passeio de balão, que parte às 4 horas da manhã, o visitante é levado a sobrevoar essas estruturas, além da própria floresta Amazônica. Não deixe esse passeio de fora do seu roteiro!

Hotéis em Rio Branco

A capital do Acre dispõe de boa infraestrutura hoteleira para atender seus visitantes.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.