Caminho dos Diamantes da Estrada Real, encanto histórico e natural

Caminho dos Diamantes da Estrada Real, encanto histórico e natural (foto: https://minasgeraistur.com.br/passeio-em-diamantina/)

O Caminho dos Diamantes foi um percurso construído pela Coroa Portuguesa no século XVIII, que ligava as cidades históricas de Diamantina e Ouro Preto. Embora o ciclo do ouro ainda estivesse ativo no país, em 1729 exploradores encontraram diamantes na região de Diamantina, que se tornou alvo de expedições exploratórias. Desse modo, era necessário um caminho que ligasse as duas cidades para que houvesse o transporte das pedras preciosas.

Mariana (foto: Evandro Marques – www.passeios.org)

Atualmente, o Caminho dos Diamantes é mais um dos belos trajetos da Estrada Real, que conta com 395 km de extensão, dos quais a maioria corresponde a estradas de terra. É um caminho muito buscado não somente por suas belíssimas cidades históricas, mas também por suas atrações naturais, como a Serra do Espinhaço e o Parque Nacional da Serra do Cipó; além disso, o trajeto passa por cidades com uma gastronomia de tirar o fôlego de qualquer visitante.

Cidades Históricas do Caminho dos Diamantes da Estrada Real

  • Diamantina – uma das cidades históricas mais visitadas de Minas Gerais, Diamantina respira cultura e história em seus becos e vielas. Com construções do século XVIII, a cidade dispõe de belíssimas igrejas, museus e casarões da época, além de ter diversas lojas de artesanato e restaurantes com a gastronomia local. Além disso, a cidade dos diamantes é nacionalmente conhecida por seu carnaval, um dos mais agitados do estado.

    Catas Altas (foto: http://www.pousadinhas.com.br/blog/destinos/catas-altas/sua-proxima-parada-catas-altas)
  • Serro – localizada a 80 km de Diamantina, a cidade de Serro é o local ideal para quem busca um pouco de história em meio à natureza. Isso porque a cidade, além de dispor de belíssimas igrejas e museus, também dispõe de fazendas históricas que podem ser visitadas, de belíssimas cachoeiras para um banho refrescante no verão. Vale ressaltar ainda que, nas ladeiras de Serro há diversos restaurantes com o melhor da gastronomia mineira, repleta de doces caseiros, queijos e cachaças.
  • Ipoema – esse belo distrito de Itabira possui cerca de 2700 habitantes e é um encanto para quem busca fugir da rotina das grandes cidades. As construções históricas misturam-se com as montanhas que cercam o local e formam uma paisagem admirável. Além disso, Ipoema conta com o Museu do Tropeiro, que remonta a história dos tropeiros que passaram pela região, e com diversas cachoeiras, entre elas, uma de 110 metros de altura. Vale a pena conhecer.
  • Catas Altas – localizada ao pé da Serra do Caraça e a apenas 60 km de Ouro Preto, Catas Altas é o local ideal para os amantes da natureza. Além de ter construções que remetem ao Ciclo do Ouro, a cidade possui diversas atrações naturais para todos os gostos; dentre elas, o visitante pode conhecer o Vale das Borboletas, diversas cachoeiras lindas, além da Chapada da Canga, que permite visão privilegiada da Serra do Caraça.

    Serro (foto: Prefeitura Municipal de Serro)
  • Mariana – a primeira vila de Minas Gerais é uma das cidades mais importantes do Ciclo do Ouro, que se destaca pela arquitetura barroca disseminada nas belas igrejas seculares de lá; além disso, a cidade dispõe de cachoeiras, museus, e a Estação Mariana, de onde parte o trem da Vale que faz o passeio entre Mariana e Ouro Preto. Vale a pena conhecer.
  • Ouro Preto – a principal cidade do ciclo do ouro é um encanto para os amantes da história, da natureza e da boa gastronomia mineira. Em seus becos e vielas, o turista encontra lindíssimas igrejas decoradas em ouro, museus diversos, lojas de artesanato, feira de objetos esculpidos em pedra sabão, lojas de pedras preciosas e de chocolates artesanais. A cidade também abriga o Parque Estadual do Itacolomi, ideal para a prática de trilhas e de escaladas para os mais aventureiros. Vale a pena conhecer e se encantar por essa cidade. No inverno, uma atração especial é o frio, que torna a cidade ainda mais charmosa.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.