Pedra do Baú é bela atração para quem curte esportes radicais

Pedra do Baú (foto //www.emcamposdojordao.com.br)

A Pedra do Baú, com altitude de 1.950 metros faz parte do Complexo do Baú, que é uma enorme formação rochosa que compõe um dos principais cartões postais da bela Campos do Jordão.

Ela está localizada na Cidade de São Bento do Sapucaí, mas o melhor acesso se dá por Campos, para onde milhares de turistas seguem para conhecer tal atração turística.

O complexo é formado por três rochas:

  • Pedra do Baú, a maior e mais alta pedra com 1.950 metros de altitude;

    Pedra do Baú (foto //www.emcamposdojordao.com.br)
    Pedra do Baú (foto //www.emcamposdojordao.com.br)

  • Bauzinho com 1.760 metros;
  • Ana Chata com 1.670 metros de altitude. As duas últimas localizadas ao redor da principal.

Como Chegar?

O visitante dever seguir o sentido a Vila Capivari, em direção ao Centro Turístico da cidade. Ao chegar na Vila Jaguaribe, faça o contorno à esquerda em frente ao Supermercado Roma, seguindo sentido a Fábrica de Chocolates Araucária. Ao passar a ponte, localizada próximo ao Estádio Municipal, siga a rua à esquerda, conhecida como Estrada da Campista, que possui várias placas que indicam o caminho que leva até a Pedra do Baú.

Saindo de  Campos do Jordão chega-se tranquilamente de carro ao Bauzinho, sendo possível alcançar a sua parte mais íngreme com facilidade.

Seguindo as placas na estrada da Campista chega-se na rua de terra que leva a Pedra do Baú; no final um platô com placas indicativas mostram uma pequena trilha para o Bauzinho. De lá é possível avistar a pedra maior, apontada bem de frente, com seu grande paredão rochoso

Atração para aventureiros

O aventureiro poderá subir ao topo da pedra maior, por uma outra trilha, que demora aproximadamente uma hora e meia de caminhada na mata. Logo após encontram-se as escadas de ferro e vergalhões cravados nas pedras. A partir deste ponto, o trajeto é feito por meio de escalada nos paredões estreitos da rocha, que exige certo preparo físico e muita coragem dos visitantes. A sugestão é que o passeio à pedra maior do Baú seja conduzida por guias capacitados, que conhecem bem as trilhas e as escadas que levam ao cume.

Pedra do Baú (foto //viagemeturismo.abril.com.br)
Pedra do Baú (foto //viagemeturismo.abril.com.br)

No ponto mais alto da Pedra os visitantes podem andar em sua base, apreciando uma visão espetacular, pois de é possível avistar boa parte da serra de Campos do Jordão; e de outro as lindas montanhas de Minas Gerais. Na ponta da Pedra do Baú vê-se um enorme precipício de granito, capaz de dar vertigem a qualquer pessoa.

A pedra Ana Chata está no meio da trilha para a Pedra do Baú e pode ser vista, em alguns ângulos da estrada, entre a Pedra do Baú e a Pedrinha.

Pela cidade de São Bento do Sapucaí existe também um caminho para a Pedra do Baú, que exige ainda mais destreza na escalada. Há prática de rapel e alpinismo no local, em que os esportistas encontram diversos terrenos para esportes radicais.

Acesso

Para acesso é cobrada a Taxa de Preservação e Compensação Ambiental (Lei – n°1822 de 29/06/16), que gira em torno de R$ 10,00, mas o valor pode sofrer acréscimo de um ano para outro.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.