Belo Horizonte, a cosmopolita e bela capital de Minas Gerais

Belo Horizonte, a cosmopolita e bela capital de Minas Gerais (foto: https://www.expedia.com.br/fotos/brazil/belo-horizonte.d6053272/sunset-sunrise)

Belo Horizonte é a capital mineira, situada bem no coração do estado, a cerca de 98 km de Ouro Preto e a aproximadamente 540 km de Uberlândia. Fundada em 1897, a cidade, com aproximadamente 1 milhão e meio de habitantes, é uma cidade fantástica, que mistura história e modernidade; natureza e arquitetura urbana; e que não deixa o turista sem ter o que fazer.

Praça da Liberdade (foto: https://bhaz.com.br/2018/12/03/praca-liberdade-nova-121-anos/)

Com diversos parques, praças, shoppings, museus e diversas atrações, BH, como é carinhosamente chamada pelos mineiros, é o destino ideal para quem busca conhecer um pouco mais do estado. Além disso, a cidade é conhecida nacionalmente por seus botecos, desde os mais simples até os mais sofisticados, e que não podem ser deixados fora do roteiro.

O que fazer em Belo Horizonte?

  • Conhecer a Lagoa da Pampulha – o maior cartão postal de Belo Horizonte não recebe esse título em vão. O complexo arquitetônico foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, e conta com a Igrejinha São Francisco, o Museu de Arte da Pampulha, a Casa Kubitschek e a Casa de Baile. Com 18 km de extensão, é o local ideal para aproveitar a natureza, fazer caminhadas, corridas e praticar outros esportes ao ar livre. Vale ressaltar ainda que as construções ao redor da Lagoa também dão um charme ao local, e que há ótimas opções gastronômicas por lá.
  • Visitar a Praça da Liberdade – uma das praças mais bonitas da cidade, teve sua inspiração no Palácio de Versalhes, na França. Localizada na região da Savassi, é um local ideal para caminhadas, passeios, e para conferir o Circuito Cultural Praça da Liberdade, que conta com várias construções históricas que foram transformadas em espaços culturais abertos ao público. Vale a pena conhecer.
  • Conferir o Mercado Municipal – para um bom viajante, conhecer o mercado municipal da cidade que está visitando é o melhor modo de conhecer a cultura e os costumes locais. Em Belo Horizonte, não é diferente. Isso porque o mercado municipal de lá contém mais de 400 estandes com diversas frutas, produtos artesanais, doces típicos e o famoso pão de queijo mineiro, considerado o melhor do Brasil. Endereço: Av. Augusto de Lima, 744 – Centro.

    Centro Cultural Banco do Brasil (foto: https://www.soubh.com.br/noticias/cultura/por-dentro-do-ccbb-bh)
  • Conhecer o Museu de Ciências Naturais da PUC Minas – um dos melhores locais para os amantes das ciências e para crianças, o Museu de Ciências Naturais da PUC conta com mais de 70 mil peças paleontológicas e cerca de 22 mil peças de espécies naturais. Há exemplares de mamíferos, répteis, anfíbios, aves, plantas… É um local que deve ser visitado em sua passagem por BH. Endereço: Avenida Dom José Gaspar, 290. Coração Eucarístico.
  • Fazer uma visita ao Centro Cultural Banco do Brasil – construído em 1930, o prédio chama a atenção já por seu exterior, que conta com uma arquitetura de época extremamente imponente. Atualmente, abriga um museu com exposições itinerantes bem legais, além de ser palco para apresentações teatrais e musicais. A programação das atrações pode ser conferida no site. Endereço: Praça da Liberdade, 450 – Funcionários.
  • Desfrutar dos prazeres da Savassi – um dos bairros mais famosos de Belo Horizonte, a Savassi é o local ideal para quem busca uma vida noturna de qualidade. Lá estão situados diversos botecos, bares, restaurantes e pubs que oferecem o melhor da gastronomia mineira, além de boas cervejas e chopps artesanais. Há desde opções simples até as mais sofisticadas, para atender todos os tipos de público. Vale a pena conhecer e se deliciar com a gastronomia local.
  • Conferir um pouco da Feira Hippie – um dos programas preferidos dos belo horizontinos aos domingos, a Feira de Artes, Artesanato, e Produtores de Variedades da Avenida Afonso Pena é um banho de cultura. Com mais de 2 mil tendas, é o local ideal para buscar lembrancinhas e conhecer um pouco mais do belo artesanato mineiro. Para quem quiser passar a manhã por lá, há setores de alimentação no local. Endereço: Av. Afonso Pena, 1132 – Centro.

    Lagoa da Pampulha (foto: https://www.itinari.com/pt/an-afternoon-stroll-in-pampulha-belo-horizonte-bh3r)
  • Visitar o Parque Municipal Américo Renné Giannetti – inaugurado em 1897, foi construído em estilo inglês e tem 182 mil metros quadrados, nos quais encontram-se centenas de espécies de árvores exóticas, aves, além de outros animais. É um local ideal para o lazer também, uma vez que há barquinhos a remo dentro do lago, espaço para caminhadas, além de brinquedos para as crianças. Uma ótima opção consiste em ir à feira hippie e ir ao parque depois, uma vez que são muito próximos. Endereço: Av. Afonso Pena, 1377 – Centro.
  • Admirar o pôr do Sol na Praça do Papa – foi lá que o Papa João Paulo II disse a célebre frase, que descreve maravilhosamente bem a cidade: “Que Belo Horizonte!”. No local, é possível ter uma das vistas mais bonitas de BH, que é o sol se pondo com a cidade ao fundo. Vale a pena passar o fim de tarde lá. Endereço: Av. Agulhas Negras, s/n – Mangabeiras.

Hotéis em Belo Horizonte

A capital de Minas Gerais dispõe de boa infraestrutura hoteleira para atender os visitantes.

Confira também:

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.