Museus Salvador, a história da primeira capital do Brasil

Museus Salvador, a história da primeira capital do Brasil (fonte: https://www.bahianoiteedia.com.br)

Salvador é a capital do estado da Bahia e está localizada às margens da Baía de Todos os Santos, a 710 km de Porto Seguro, outra bela cidade baiana. Além de ser uma cidade cosmopolita, que atrai milhares de turistas todos os anos pelas suas praias e por sua deliciosa gastronomia, Salvador também é um berço da história do país, uma vez que recebeu influências africanas, indígenas e europeias, que misturadas, fizeram com que a primeira capital do Brasil fosse internacionalmente conhecida por sua cultura, preservada, dentre outras formas, pelos museus espalhados na cidade.

Museu de Arte Moderna da Bahia (fonte: http://www.jamnomam.com.br/mam)

Museus de Salvador

  • Farol da Barra – também conhecido como Farol de Santo Antônio, é o farol que dá nome à praia mais famosa da cidade: a Praia da Barra. Construído no século XVII para a defesa do litoral baiano contra invasores, o local hoje, além de contar com uma arquitetura bastante atrativa, conta com o Museu Náutico da Bahia, o qual conta com exposição de acervo náutico, além de objetos encontrados no fundo do mar. Vale a pena conhecer. Endereço: Forte de Santo Antônio da Barra. Horário de funcionamento: terça a domingo, de 9 às 16 horas.
  • Palácio Rio Branco – localizado ao lado do Elevador Lacerda, outra bela atração da cidade, o Palácio Rio Branco foi a sede do Governo Geral brasileiro até 1763. Atualmente, funciona como Secretaria da Cultura e abriga o Memorial dos Governadores. Além de ser uma bela opção para os amantes da história, possui uma vista privilegiada da Baía de Todos os Santos. Endereço: Praça Tomé de Souza, Centro. Horário de funcionamento: terça a quinta, das 8:30 às 16:30.
  • Fundação Casa de Jorge Amado – localizada no largo do Pelourinho, a casa, construída em 1987, tem como principal função preservar e estudar as obras do escritor Jorge Amado. Lá, há uma exposição sobre a vida do escritor, que conta com livros, fotos e objetos. O visitante pode, ainda, experimentar um delicioso café, além de poder visitar o Mirante das Letras, ponto mais alto da casa, que permite ao turista visualizar as igrejas do Pelourinho e a Baía de Todos os Santos. Endereço: Largo do Pelourinho, 15 – Pelourinho, Salvador.

    Museu da Misericórdia (fonte: https://www.museudamisericordia.org.br/)
  • Forte São Marcelo – situado na Baía de Todos os Santos, o Forte de São Marcelo só pode ser visitado através de barcos de até 30 pessoas, uma vez que, conforme Jorge Amado, trata-se do Umbigo da Bahia, que é um dos mais belos cartões postais do estado. Vale a pena conhecer.
  • Museu de Arte Moderna da Bahia – Solar do Unhão – localizado às margens da Baía de Todos os Santos, o Museu de Arte Moderna da Bahia já é uma arte por si só, uma vez que possui arquitetura bastante imponente. Atualmente, abriga mais de 2 mil obras de arte de diversos artistas brasileiros, possui um Parque das Esculturas no jardim, e um delicioso restaurante, que permite aos turistas apreciarem a gastronomia baiana e curtir o belo pôr do Sol. Endereço: Av. Contorno, s/n – Dois de Julho.
  • Museu Afro-Brasileiro – mantido pela Universidade Federal da Bahia, o museu Afro-Brasileiro foi criado em 1974, e está localizado no prédio onde funcionou a primeira Escola de Medicina do Brasil. Tem como principal objetivo, promover a conservação da memória da matriz africana que tanto contribuiu para a formação do povo brasileiro. Conta com diversas exposições de quadros, vestimentas e objetos dessa bela cultura. Endereço: R. das Vassouras, 1-23 – Centro.
  • Museu de Arte da Bahia – fundado em 1918, o Museu está instalado no imponente Palácio da Vitória, e conta com um acervo de mais de 5 mil obras, dentre os quais encontram-se pinturas, cristais e livros. Abriga exposições permanentes e itinerantes. Endereço: Av. Sete de Setembro, 2340 – Corredor da Vitória.
  • Museu da Misericórdia – inaugurado recentemente, está situado num edifício construído no século XVII, que abrigou o primeiro hospital da cidade. Conta com um acervo de 3874 peças, as quais remontam a história do país por terem sido utilizadas por personalidades conhecidas, como D. Pedro II. Além disso, sua fachada chama atenção por sua grande imponência. Endereço: R. da Misericórdia, 06 – Centro Histórico.
  • Museu Tempostal – inaugurado em 1997, o museu conta com um acervo de 55 mil imagens representantes da Bahia ao longo dos séculos XVIII e XIX, além de possuir cartões postais de vários lugares do mundo. Vale a pena conferir. Endereço: R. Gregório de Matos, 33 – Pelourinho. Horário de funcionamento: terça a sexta, de 12h às 18h. Aos fins de semana e feriados de 12h às 17h. 00Forte de Santo Antônio da Barra (fonte: http://www2.correio24horas.com.br/guia/single-agenda/evento/largo-do-farol-da-barra-recebe-shows-de-musica-instrumental/sessao/1483822800/uid/9029/?cHash=456551281987ac59e6647f09e52674c0)
  • Museu de Arte Sacra – mantido pela Universidade Federal da Bahia, o museu já chama a atenção por sua arquitetura seiscentista e por sua rara coleção de Arte Sacra Cristã, que busca a valorização do patrimônio, mas também a disseminação da cultura a toda a população. Conta com imagens e objetos que contam a história do Cristianismo na Bahia. Vale a visita. Endereço: R. do Sodré, 28 – Dois de Julho. Horário de funcionamento: Horário de Funcionamento de segunda a sexta de 7h às 19h – atendimento com agendamento para grupos, visitas guiadas, visitas técnicas e pesquisadores. 10h às 18h – visitação ao público em geral (com fechamento dos portões às 17h30min).

Dicas de Hospedagem

A cidade conta com diversas opções de hospedagem para atender seus visitantes.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.