Caminho Velho da Estrada Real, marco da história brasileira

Caminho Velho da Estrada Real, marco da história brasileira (foto: https://viagemeturismo.abril.com.br/cidades/paraty-5/)

O Caminho Velho da Estrada Real é um dos roteiros turísticos do circuito da Estrada Real, que liga as cidades históricas de Ouro Preto e Paraty. Com 710 km, sendo sua maioria em estrada de terra, esse trajeto foi o primeiro construído pela Coroa Portuguesa para ligar a região produtora de ouro aos portos do atual estado do Rio de Janeiro. Inicialmente percorrido a cavalo, o trajeto demorava cerca de 60 dias para ser concluído, mas, atualmente, pode ser feito em até 8 dias de carro, com as devidas paradas para apreciar as belezas históricas e naturais do Caminho Velho.

Ouro Preto (foto: Evandro Marques – www.passeios.org)

Cidades Históricas do Caminho Velho da Estrada Real

  • Ouro Preto – uma das cidades mais conhecidas do estado de Minas Gerais, sua fama não é em vão. A cidade, localizada a cerca de 95 km de Belo Horizonte, possui dezenas de igrejas da época do ciclo do ouro, as quais remetem à cultura da época e possuem altar em ouro. Além disso, conta com diversos museus, ladeiras com belas lojas de pedras preciosas e de chocolates artesanais para atender aos visitantes. Outro ponto que chama a atenção é a gastronomia, que é uma atração por si só.
  • Congonhas – conhecida por ser a “Cidade dos Profetas de Aleijadinho”, é muito visitada em razão do turismo religioso e artístico. Há diversos santuários, igrejas, museus e lojas de artesanato que valem a visita. Além disso, Congonhas abriga o Parque Ecológico da Cachoeira, ideal para os amantes do ecoturismo e para quem busca um pouco mais de aventura na Estrada Real.
  • Prados – assim como outras cidades mineiras que fazem parte da Estrada Real, Prados é um encanto. Por ser bem pequena, torna-se extremamente aconchegante em suas ruas tortuosas com casarões típicos do século XVIII. Além disso, a cidade é bastante conhecida pelo turismo religioso e pelo ecoturismo, e pelo distrito de Bichinho, um encanto repleto de opções de artesanato. Vale a pena conhecer.

    Prados (foto: https://mapio.net/pic/p-6981564/)
  • Tiradentes – coladinha em Ouro Preto, a cidade de Tiradentes recebeu, em 2019, o título de cidade mais bonita do Brasil pela revista estadunidense Departures. Além de ser famosa por sua gastronomia, a cidade chama atenção por suas opções de artesanato, que se estendem até seus distritos. Vale ressaltar também que há diversos passeios históricos em Tiradentes, como o passeio de Maria Fumaça que liga a cidade a São João del Rei passando pelas margens do rio das Mortes, e que é uma aula para os amantes da história do Brasil.
  • São João del Rei – quem vai a Tiradentes, obrigatoriamente deve conhecer São João del Rei. Assim como as duas cidades já mencionadas, São João del Rei é ideal para os amantes do frio, uma vez que a cidade gela no inverno, e, juntamente com os monumentos históricos, torna-se um local extremamente aconchegante, característica das cidades mineiras. Além disso, São João del Rei é conhecida como a capital do rocambole, o que já dá uma ideia do quão forte é a gastronomia local.
  • Caxambu – uma das cidades mais conhecidas do sul de Minas Gerais, a cidade de Caxambu faz parte do Circuito das Águas, e por estar situada em região de serras e cachoeiras, é ideal para quem busca um contato maior com a natureza. Há passeios de charrete, balneários hidroterápicos, o Parque das Águas e diversas igrejas, além de atrações para todos os tipos de visitantes. Por se tratar de uma cidade mineira, vale ressaltar que a gastronomia não deixa nada a desejar.
  • São Lourenço – assim como sua vizinha Caxambu, a cidade faz parte do Circuito das Águas e possui diversas atrações que levam o visitante a conhecer as águas terapêuticas dessa região. Algumas das atrações que o viajante não pode deixar de conhecer são o Parque das Águas, a Montanha Sagrada e o Teleférico de São Lourenço.

    Cunha (foto: https://saopaulosemmesmice.com.br/lavandario-cunha-sp/)
  • Cunha – essa bela cidade serrana paulista é um refúgio para quem busca fugir da rotina das grandes cidades. Conhecida por ser um dos destinos de inverno de São Paulo, Cunha chama a atenção por suas belezas naturais, que incluem o Parque Estadual da Serra do Mar e o Lavandário, que lembra os campos de lavanda da região de Provence, na França. Vale a pena conhecer.
  • Paraty – a última cidade do Caminho Velho da Estrada Real é um encanto, para fazer jus a todas as cidades anteriores pelas quais o viajante passa no Caminho Velho. Conhecida principalmente por suas belas praias e por suas cachaças, Paraty possui diversas atrações para atender a seus visitantes. Dentre elas, há um belíssimo Centro Histórico, com diversos casarões e igrejas da época; o Caminho do Ouro; belas cachoeiras; e até mesmo um parque temático que remonta a Estrada Real em miniatura, que leva o nome de Mini Estrada Real.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.