Colônia Witmarsum, pequeno vilarejo alemão no Paraná

O Paraná é um dos estados mais procurados pelos turistas brasileiros em razão de sediar uma das maiores obras de arte da natureza, que são as Cataratas do Iguaçu. Mas você sabia que por lá existe um vilarejo chamado Colônia Witmarsum, todo em estilo alemão, situado bem próximo de Curitiba?

Ideal para viagens em família e para quem busca um certo sossego e ares bucólicos, esse vilarejo foi fundado em meados do século XX por imigrantes alemães que vieram da cidade catarinense de Witmarsum; o que explica as atrações que o visitante pode encontrar por lá: muitos restaurantes e confeitarias típicos, construções em estilo colonial; bem como cervejarias e opções para as mais diversas idades.

Como chegar?

Para chegar na Colônia Witmarsum, que se situa na cidade paranaense de Palmeira, o visitante tem a opção de pousar no Aeroporto Internacional de Curitiba, situado a 87 km de lá, e pegar a BR-376 e BR-277.

Já para quem vem de Ponta Grossa, uma das cidades mais conhecidas do estado, basta pegar a BR-376 e a Rodovia do Café por aproximadamente 57 km. E para quem parte de Lapa, uma das cidades históricas mais charmosas do Paraná, a melhor opção se dá por meio da Rodovia Antônio Lacerda Braga, em um percurso de 61 km.

O que fazer na Colônia Witmarsum – PR?

Antes de programar seu passeio para a colônia, é importante ter em mente que a maioria dos locais e passeios só funcionam aos sábados, domingos e feriados; por se tratar de uma área rural, em que os próprios moradores trabalham para atender aos visitantes da melhor forma possível. Sendo assim, confira a seguir o que fazer na Colônia Witmarsum:

  • Visitar a Cervejaria Usinamalte – conhecida por ser a primeira cervejaria do vilarejo, ela é ideal para quem ama uma boa cerveja e não recusa alguns pratos típicos, como o joelho de porco. E, se você for com crianças, também há uma mini-fazendinha e um espaço ideal para que elas possam brincar e aproveitar assim como os adultos.
Colônia Witmarsum, pequeno vilarejo alemão no Paraná
Cervejaria Usinamalte (imagem: retirado de Commendo/Reprodução)
  • Tomar um café colonial na Confeitaria Kliewer – se você é do tipo de visitante que não vai ao sul sem tomar um tradicional café colonial, essa opção é ideal pra você. Por lá, além do charme e da rusticidade da confeitaria, o turista se surpreende com as opções culinárias a base de queijo, cucas e um café especial que vale a visita.

Endereço: Avenida Presidente Ernesto Geisel, 2817.
Horário de funcionamento: terça a sábado, de 8h às 18h, e aos domingos serve café colonial até às 17h.

Confeitaria Kliewer (imagem: Reprodução)
  • Apreciar (e levar para casa) as opções de artesanato – outra atividade bem comum na região é o artesanato, que movimenta o comércio local. E uma das opções mais tradicionais de lá e a Toll, uma lojinha especializada em decorações de madeira, sendo a maioria importada da Floresta Negra, na Alemanha. Por lá, o visitante encontra relógios cuco, quebra-nozes dentre outros objetos. Já na Sonnewit, o turista encontra roupas típicas alemãs à venda, e na Witmalhas há diversos souvenirs para levar de lembrança para casa.
Artesanato da Colônia (imagem: Wikimedia Commons)
  • Visitar o Heimat Museum – para quem busca conhecer um pouco mais sobre a história da Colônia Witmarsum, visitar o Heimat Museum é uma excelente opção; a qual conta com um acervo completo de objetos pertencentes aos fundadores da colônia. Vale ressaltar que a visita é guiada, o que a torna ainda mais encantadora.

Endereço: Av. Pres. Ernesto Geisel – Colônia Witmarsum

Heimat Museum (imagem: Reprodução/Rádio Ipiranga)
  • Conhecer o Ponyland – uma das melhores atrações principalmente se estiver com crianças é a Ponyland, um local com vários pôneis, lago, e uma boa área verde que permite a diversão dos pequeninos e também dos não tão pequenos assim. Por lá, além do passeio de pônei, há passeio de trator, cavalgada, e até mesmo um café colonial para se deliciar com as comidas locais. O local funciona aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h.
Pônei (imagem: Canva)
  • Passear na Feira do Produtor – outro local que não pode ficar de fora do roteiro de quem busca conhecer mais a fundo a cultura local é a Feira do Produtor; a qual conta com diversos produtos coloniais como pães, geleias, cucas e hortifruti produzidos de forma orgânica. Não deixe de passar por lá e prestigiar os produtores locais.

Endereço: Avenida Presidente Ernesto Geisel, s/n.
Horário de funcionamento: aos sábados, de 9h às 17h.

  • Visitar o Witmarzoo – outra opção bem legal para ir com crianças, o Witmarzoo consiste em uma fazenda, onde há diversos animais como cabras, galinhas, coelhos, sendo uma mini fazendinha. Além do tradicional passeio de pônei, o visitante também pode ordenhar vacas e fazer piqueniques. Vale lembrar que o local funciona aos sábados e domingos, de 10h às 18h.
Witmarzoo (imagem: Reprodução/Witmarzoo App)
  • Conhecer a Igreja e o Centro de Informações Turísticas – uma das atividades mais diferenciadas é conhecer a igreja da colônia e ter a experiência de assistir a um culto totalmente em alemão aos domingos, no horário de 9h30. E para quem busca ter maiores informações sobre o local, e garantir produtos coloniais, o Centro de Informações Turísticas também é uma excelente opção.
Igreja da Colônia Witmarsum (imagem: samir Nosteb – Wikimedia Commons)
  • Degustar da gastronomia típica – um dos principais motivos pelos quais a Colônia é tão visitada consiste nas diversas opções gastronômicas que existem por lá. Por isso, algumas dicas são a Edit’s Kaffee Hof, com uma tortinha de aveia divina; e Bierwit Restaurante e Choperia, com o melhor da culinária alemã.

Onde se hospedar?

Embora a Colônia Witmarsum seja bem pertinho de Curitiba, o que permite um bate-e-volta, é bem comum que os visitantes passem o fim de semana por lá aproveitando do sossego da região. Por isso, separamos uma lista das melhores pousadas de lá, que você pode conferir clicando aqui.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.